Apresentação

CIB é a abreviatura do (antigo) nome francês: "Conseil International du Bâtiment" (em inglês: Conselho Internacional de Construção). Durante o ano de 1998 a abreviatura foi mantida, mas o nome completo mudou para:

CONSELHO INTERNACIONAL DE PESQUISA E INOVAÇÃO NA CONSTRUÇÃO

O CIB foi fundado em 1953 sob a forma de Associação com os objetivos de estimular e facilitar a cooperação internacional e a troca de informações entre institutos de pesquisas governamentais do setor da construção, com ênfase nos institutos ligados a campos técnicos de pesquisa.

Desde então, o CIB se tornou uma rede mundial com mais de 5000 especialistas de cerca de 500 organizações a ele associadas que atuam na comunidade científica, na indústria ou na educação, cooperando ou trocando informações em mais de 50 Comitês do CIB em todos os campos da pesquisa e inovação relacionadas à construção.

Os Membros do CIB são institutos, empresas e outros tipos de organizações envolvidas com a pesquisa ou com a transferência ou aplicação de resultados de pesquisas. As organizações associadas indicam especialistas para participação nos Comitês do CIB. Uma pessoa física também pode se associar e participar de um Comitê.Os Comitês do CIB desencadeiam projetos de P&D e troca de informações, organizam encontros e produzem publicações. Esses encontros podem ser reuniões do Comitê apenas para membros ou simpósios internacionais e congressos abertos para todos. As publicações podem ser anais, análises técnicas ou científicas e relatórios internacionais de estado da arte.

CIB Passado e Presente

O CIB foi fundado em 1953 com o apoio das Nações Unidas, sob a forma de associação com os objetivos de estimular e facilitar a colaboração internacional e a troca de informações entre institutos de pesquisas governamentais do setor da construção. Naquele tempo, um objetivo implícito também era o de reconstruir a infraestrutura européia para pesquisa em construção após a devastação da II Guerra Mundial.

No início, 43 institutos de pesquisa estavam associados ao CIB e a grande maioria era da Europa. E, da mesma forma que ocorria com os programas desses institutos à época, também no programa do CIB havia uma forte ênfase nos assuntos técnicos.

Para determinados assuntos, foram criados Comitês para os quais as organizações associadas indicavam especialistas de seu quadro de colaboradores.

Junto com uma série de atividades menos visíveis, essa participação coletiva resultou em muitos e importantes simpósios e congressos internacionais, e num grande número de publicações reconhecidas pelo seu prestígio global. De fato, muitas dessas publicações serviram de base factual para o desenvolvimento de normas internacionais, ou foram usadas elas mesmas como normas. Outras eram relatórios do estado da arte que por muito tempo forneceram informações indispensáveis para a programação de novas pesquisas pelos institutos e países participantes.

Contudo, o CIB avançou muito desde 1953.

Hoje em dia cerca de 500 organizações estão associadas ao CIB, das quais cerca de 5000 especialistas participam de mais de 50 Comitês CIB. Esses comitês cobrem toda a área de pesquisa e inovação na construção.

Entre as organizações associadas ao CIB, podemos encontrar agora quase todos os principais institutos nacionais de pesquisa na área de construção de todo o mundo, e muitos outros tipos de organizações do setor da construção que se juntaram a nós desde então. E embora muita atenção seja dada a assuntos técnicos no programa do CIB, existem agora atividades com foco em assuntos como organização e administração, economia da construção, práticas jurídicas e de obtenção, arquitetura, urbanismo e aspectos humanos.

Não é exagero dizer que no presente o CIB é a principal plataforma mundial para cooperação internacional e troca de informações na área de pesquisa e inovação na construção. E continuamos a aumentar o nosso número de associados, a expandir o nosso escopo e a dar início a novas atividades enquanto lutamos constantemente para aumentar a qualidade dos nossos produtos e serviços.