POLI-Construção Civil
Facebook Linkedin


Infraestrutura

A infraestrutura de laboratórios do Departamento de Engenharia de Construção Civil, que atende demandas de ensino e pesquisa na sua área de atuação, é viabilizada em grande parte pela área física do espaço que se denomina Centro de Pesquisas e Desenvolvimento em Construção Civil - CPqDCC, que conta com cerca de 2.500 m², onde se distribuem os diversos laboratórios com os recursos abaixo sintetizados.

Entre os principais equipamentos disponíveis para pesquisa e experimentos, estão:

• Reômetros para argamassas e concretos;
• Reometros para pastas;
• Granulômetros;
• Analisador térmico - tg/dsc;
• Banho termo-regulador com agitação;
• Calorímetro de condução isotérmico;
• Goniômetro;
• Câmara climática, com e sem injeção de co2;
• Máquinas de ensaios universal - instron - de 1 ou 2 colunas;
• Dispersor de alta energia de cisalhamento;
• Misturadores de bancada;
• Espectrocolorímetro;
• Espectrofotômetro;
• Fotômetro de chama;
• Estufa à vácuo;
• Estufa de secagem e esterilização;
• Liofilizador;
• Politriz;
• Medidor de retração livre de argamassa fresca;
• Porosímetro de intrusão de mercúrio;
• Microscópio ótico digital - hirox;
• Microscópio ótico;
• Lupa estereoscópica;
• Perfilômetro. • Duas prensas com capacidade de 10 e 200 toneladas, com controle de velocidade de carregamento e deslocamento;
• Equipamentos para medida de material particulado aéreo (pts, pm10, pm2,5);
• Betoneiras e argamassadeiras de vários tipos e capacidades;
• Equipamentos para moldagem e adensamento de corpos de prova de diferentes dimensões;
• Estufas e muflas que atingem diferentes faixas de temperatura;
• Instrumentos de medição e precisão como cronômetros, paquímetros, micrômetros, relógios comparadores;
• Balanças digitais de diferentes capacidades. • Potenciostatos;
• Câmaras de carbonatação;
• Câmara de névoa salina;
• Câmaras de climatização de uv. • Autoclave a vapor;
• Cabine de fluxo laminar;
• Incubadora com agitador;
• Estufa de secagem;
• Microscópios ópticos;
• Aparelho de determinação de atividade de água;
• Centrífuga e outros equipamentos de menor porte. • Máquina de comando numérico de três eixos, desktop, scanner 3-D e mesas digitalizadoras;
• Óculos e projetores 3D;
• Máquina de corte a laser;
• Projetores interativos.


  • LME Laboratório de Microestrutura e Ecoeficiência de Materiais

    O Laboratório de Microestrutura e Ecoeficiência de Materiais - LME tem como premissa a congregação de docentes e pesquisadores, alunos de pós-graduação e de graduação com formações variadas (engenharia civil, engenharia de materiais, química, física, microbiologia, etc.), criando ambiente multidisciplinar para viabilização de projetos de pesquisa científicos que culminem em evolução no estado de conhecimento científico e tecnológico aplicado à cadeia de materiais de construção.

    Desde sua criação, o LME defende o emprego de conhecimento no desenvolvimento de soluções ecoeficientes para a cadeia da indústria de materiais de construção, sendo um dos pioneiros nesta abordagem no País.


  • LMCP Laboratório de Materiais, Componentes e Processos Construtivos

    O laboratório de Materiais, Componentes e Processos Construtivos - LMCP está capacitado para a realização da maioria dos ensaios normalizados de materiais e componentes de Construção Civil, tais como aglomerantes hidráulicos e aéreos, pastas, agregados, argamassas para várias finalidades, concretos em geral, blocos, artefatos pré-fabricados e componentes para pisos, vedações verticais e coberturas.

    Este laboratório possui atualmente os equipamentos e instrumentos necessários para desenvolvimento de programas experimentais ligados ao desenvolvimento tecnológico dos métodos, processos e sistemas construtivos, sendo os mais estudados os revestimentos e as vedações. Sua infraestrutura permite a realização de diversos tipos de ensaios com materiais, componentes e avaliação de desempenho de elementos construtivos, inclusive com a realização em corpos de prova de grandes dimensões.

    Permite ainda a aplicação, em ambiente controlado, das técnicas e métodos construtivos, frequentemente utilizados nos canteiros de obras, com objetivo de análise e desenvolvimento de alternativas visando incrementar a qualidade e produtividade destas técnicas. Está também equipado com dispositivos que permitem a coleta de dados referentes a técnicas e métodos de produção dos edifícios em campo, nos canteiros de obras de empresas construtoras atuantes no mercado, bem como o desenvolvimento de sistemas de controle da qualidade de produção destes serviços e, de maneira geral, a implantação de novas tecnologias em canteiros de obras.

    Em ambientes controlados, são também simulados, em escala de laboratório, métodos de desmontagem em vedações, revestimentos e coberturas de grandes dimensões (1 a 3 m2), procurando-se obter representatividade e otimizar variáveis econômicas (produtividade etc.) e variáveis ambientais (separabilidade, reuso e reciclabilidade dos materiais e componentes construtivos presentes) desses processos.


  • LMAC Laboratório de Microbiologia do Ambiente Construído

    O Laboratório de Microbiologia do Ambiente Construído - LMAC foi implantado no Departamento com verba de projeto aprovado no programa jovens pesquisadores em centros emergentes da FAPESP.

    As principais atividades estão vinculadas à pesquisa da ação microbiana em diferentes materiais, envolvendo fenômenos de biodeterioração de tintas imobiliárias, argamassas para revestimentos, concreto, fibrocimento, telhados frios e gesso. Também são realizadas pesquisas sobre precipitação de carbonato de cálcio por bactérias ureolíticas, fenômeno que envolve aplicações da área de bioconsolidação de solos e biocalcificação de materiais cimentícios.


  • LSP Laboratório de Sistemas Prediais - LSP

    Este laboratório, que conta com área de 400 m2, possui instalações e equipamentos destinados às pesquisas e ao ensino de graduação e Este laboratório, que conta com área de 400 m², está capacitado a executar tanto ensaios horizontais, como ensaios verticais – Torre de alvenaria com cinco pavimentos, única no País, com esta finalidade – , propiciando a realização de pesquisas sobre sistemas hidráulicos de abastecimento e distribuição de água fria e quente, esgoto, águas pluviais, energia elétrica, ventilação, ar condicionado, incêndio, gás combustível, transporte, conservação de energia em edifícios e automação predial. Possui um sistema moderno de aquisição de dados e controle, distribuído por todo o laboratório, gerenciado por microcomputador, equipamento de gestão de rede e controladores, com capacidade de leitura de 30 variáveis analógicas a cada minuto, podendo ser expandido para 300 variáveis. Possui uma oficina com torno, máquinas de corte, solda e um conjunto bastante completo de ferramentas. Sensores, instrumentação e novos módulos de coleta de dados foram adquiridos, possibilitando a criação de novos campos de pesquisas.


  • LabSUP Laboratório de Suporte ao Projeto

    Os pesquisadores estudam a aplicação de modelos matemáticos computacionais no projeto de sistemas de Engenharia, visando à otimização de recursos, melhoria do desempenho e aumento da confiabilidade. Preocupam-se também com as aplicações da tecnologia gráfica na atividade do projeto. Para isso contam com diversos computadores compatíveis com o ambientes Windows e MAC-OS, uma máquina de comando numérico da Roland Digital Group e uma sala didática equipada com estações gráficas compatíveis com o sistema operacional Unix, além de scanner 3-D e mesas digitalizadoras. Dispõe ainda de um cluster de computadores com 12 processadores para desenvolvimento de estudos CFD (Computer Fluid Dynamics) em áreas como de conforto térmico de ambientes ventilados.


MAPA DO SITE










Av. Professor Almeida Prado, Travessa 2, Nº 83

Edifício de Engenharia Civil

Cidade Universitária, São Paulo-SP CEP: 05508-070

Tel: +55(11) 3091.5234 - Fax: +55(11) 3091.5715


2012 - 2021 PCC.USP - Todos os direitos reservados